quinta-feira, 30 de julho de 2009

ENEM

Este ano a prova do ENEM será diferente, mas e as repostas? Serão mais elaboradas ou continuarão a mesma palhaçada de sempre? Fico preocupada, pois ao ver este vídeo no primeiro momento damos risada, mas quando paramos para pensar, tudo torna-se desagradável, pois onde irão parar estes jovens daqui alguns anos? O que será de nosso país se estes jovens não sabem escrever e muito menos interpretar uma pergunta?

O analfabeto funcional é o pior tipo de analfabeto; na verdade é alfabetizado, aprendeu a ler mas não entende o que lê e defende veemente um ponto de vista errado, diferente do analfabeto que ciente da sua falta de conhecimento se abstém de falar do que não entende e tenta aprender. Não estou exagerando, tenho amigas que dão aula em escolas do estados e alunos do 6º ano, não sabem valor decimal. Acham que 0,5 é maior que 4 e riem da nota do colega que tirou 4.

Vejam as respostas e depois reflitam sobre quem são os responsáveis por estas pérolas. Nâo digamautomaticamente que são os professores, pois como sou professora, defenderei que não somos os únicos responsáveis por estas calamidades. Alguns, realmente dão aula de qualquer jeito, mas por culpa de quem? Não será do nosso governo que está desvalorizando cada vez mais este profissional e superlotando as salas de aula? E o que acontece? Ele vai trabalhar desmotivado e aquele aluno que já acha sua vida horrorosa, que não gosta de estudar, acaba desinteressado pela educação. Um finge que ensina e o outro finge que aprende. E o resultado é este que vos apresento!

Por que resolvi desabafar? Porque em apenas três anos em um Centro Educacional (conveniado, onde a situação é mais precário ainda) aprendi que não precisamos esperar nada deste governo que não quer um aluno que lute pelos seus ideais; aprendi que podemos fazer a diferença a nossa volta e tenho amigos para provar o que estou lhes escrevendo: EU ACREDITO NAS ESCOLAS PÚBLICAS!!!

O que vocês tem haver com isso? Muuuuuito, pois são vocês que podem mudar tudo isso: Quem tem um irmãozinho (a) na escola, peça para a mãe escrever na agenda dele(a), elogie. Incentive o irmão a fazer um desenho para a professora. Vocês não tem noção de como é gostoso quando um pai nos dá o devido valor ou quando as crianças nos entrega um desenho feito em casa. É sinal que lembrou de nós em casa. Quem tem filhos, vá em uma reunião pedagógica, pelo menos, e mostre interesse para o professor. É bom ser ouvido pelos pais. Participem, mostrem interesse para seus filhos, eles ficarão entusiasmados e participarão mais das aulas para ter o que contar à vocês! Quem está na faculdade, fale, participe das aulas, debata suas idéias, ouse. É muito estimulante para o professor saber que os alunos estão questionando suas aulas.

Quem leu este artigo, comente quando acharem oportuno.! Críticas são bem aceitas, pois nos fazem pensar! Portanto usem a criatividade e comentem este post.

Acreditem, a solução para uma educação de qualidade está na mão de todos, afinal não se educa sozinho!!!

Obrigada pela atenção e apoio!

video

Um comentário:

Anônimo disse...

Suas considerações são corretas e espero encontrar outros profissionais de educação tão comprometidos com a melhora de nossos alunos e que suas famílias se envolvam cada vez mais para que isso realmente aconteça.
Parabéns!
Madel.